20/07/2012
Feliz dia do amigo!

No dia de hoje comemora-se, internacionalmente, o dia do amigo e aproveitando essas datas que as culturas celebram eventos e pessoas especiais, me pego pensando como seria minha vida sem cada um dos amigos... Nada!

Não haveria sorriso solto, não haveria ombro, não haveria companheirismo, não haveria amor fraternal, não haveria aventura, não haveria alegria, não haveria família agregada, não haveria pais postiços, não haveria encontros a tarde, saídas noturnas, lanches de madrugada, segredos inconfessáveis, não haveria parceria.

De tudo que vivi, de todas as experiências, de todas as alegrias e tristezas meus amigos foram, são e sempre serão meus portos seguros que foram capazes de colorir onde não via cor, de animar onde havia monotonia, de vibrar quando faltou som, de dar voz no momento da dúvida.

Foi com os amigos que aprendi o exercício da alteridade, de reconhecer o outro como sujeito e de experienciar que autonomia se constrói em relação.

Todas as vezes que escuto a musica “A Amizade” do Fundo de Quintal me emociono profundamente motivada pelo profundo amor e gratidão que sinto por cada amigo e amiga que torna minha vida especial.

Por isso, finalizo esse texto com a referida letra que transformou sua melodia em um hino à amizade, compassado pelo ritmo de tamborins, surdos, cuícas, cavacos, banjos e violões e por isso, emocionando pela diversidade reunida em prosa e verso.

Amigo, hoje a minha inspiração
Se ligou em você
E em forma de samba
Mandou lhe dizer
Tão outro argumento
Qual nesse momento
Me faz penetrar
Por toda nossa amizade
Esclarecendo a verdade
Sem medo de agir
Em nossa intimidade
Você vai me ouvir

Foi bem cedo na vida que eu procurei
Encontrar novos rumos num mundo melhor
Com você fique certo que jamais falhei
Pois ganhei muita força tornando maior
A amizade...
Nem mesmo a força do tempo irá destruir
Somos verdade...
Nem mesmo este samba de amor pode nos resumir

Quero chorar o seu choro
Quero sorrir seu sorriso
Valeu por você existir amigo

Quero chorar o seu choro
Quero sorrir seu sorriso
Valeu por você existir amigo


« voltar

O cuidado na atenção primária à saúde: preliminares de um estudo comparativo Brasil/Canadá
O texto aborda os processos de constituição e institucionalização da Atenção Primária à Saúde no Brasil e no Canadá; os pontos de interseção e de distanciamento entre os dois países; e a inserção profissional dos fisioterapeutas brasileiros e canadenses nas equipes multidisciplinares.